Blog

05 maio 2016

Mesmo na crise, lavanderias podem ser sinônimo de economia

Mesmo na crise, lavanderias podem ser sinônimo de economia

Quando falamos na crise econômica que o país atravessa atualmente, logo pensamos em cortar custos com hábitos supérfluos. O que muitos não sabem, entretanto, é que optar por lavar as roupas em uma lavanderia está longe de ser um luxo ou um gasto desnecessário. Prova disso é que, ao contrário de outros setores, as lavanderias vão muito bem, obrigado.

De acordo com a Associação Nacional de Empresas de Lavanderia (ANEL), existem 9.500 lavanderias no país, sendo 7.400 do Segmento Doméstico – que atende ao consumidor final – e 2.100 do Segmento Industrial. O último levantamento feito pela ANEL, do ano de 2014, estima que o faturamento do setor foi de aproximadamente 7 bilhões de reais. Até 2020, espera-se que haja um crescimento de 10% em faturamento e 20% em oferta de serviços.
Confira abaixo alguns motivos para incluir as lavanderias no seu orçamento:

1 – Economia: as lavanderias utilizam, aproximadamente, uma quantidade de água 40% menor que as máquinas de lavar domésticas. Em tempos de crise hídrica, optar pela lavanderia pode causar um impacto positivo na conta de água. Além disso, os outros gastos envolvidos na tarefa de lavar roupas em casa – produtos de limpeza e energia elétrica, por exemplo – também são cortados das despesas.

2 – Serviços de qualidade: em casa, na correria do dia a dia, é muito difícil seguir todas as especificações das etiquetas de cada peça. As roupas lavadas em lavanderias geralmente têm vida útil muito mais longa, porque são lavadas de maneira adequada ao seu tipo de tecido.

3 – Praticidade: a PEC das domésticas modificou a rotina de muitas pessoas. Quem não teve condições de contratar uma funcionária para cuidar das tarefas do lar diariamente, pode otimizar o tempo livre (ou o tempo de uma diarista) lavando suas roupas em uma lavanderia. Afinal, o tempo continua sendo o nosso recurso mais precioso.

Compartilhe